processo seletivo do Grupo Boticário

Processo seletivo do Grupo Boticário – como funciona

Autor: fernando

27 de setembro de 2019

O processo seletivo de colaboradores para uma grande empresa, como o Grupo Boticário, significa muito mais do que filtrar currículos. É durante esse processo que as características fundamentais para que um profissional faça parte do time que garante o crescimento constante da empresa, mesmo quando a economia do país não representa um grande incentivo. Quais são essas características fundamentais? Essa resposta e várias outras relacionadas à escolha de analistas e gestores para o GB, serão respondidas no conteúdo elaborado a partir de uma entrevista concedida por Eloiza Helena Kitaka e Renata Mendes Silva, que atuam na atração de talentos para o GB. 

Quantas fases existem no processo seletivo de um analista?

O processo seletivo conta com no mínimo três etapas: contato por telefone com o RH, entrevista com o RH e entrevista com o gestor. No caso de um analista sênior, que vai ocupar uma posição mais estratégica, é possível que exista uma 4ª etapa: entrevista com o gestor do dono da vaga. 

A busca por um colaborador para ocupar uma vaga de gestão, como esperado, demanda ainda mais cuidado e, consequentemente, tempo. É preciso lembrar que quando falamos na seleção de gestores, focamos em coordenadores, gerentes e diretores e que, a cada degrau na hierarquia, mais elaborado o processo. 

Se usarmos um coordenador como exemplo, que é o primeiro nível de gestão na empresa, serão 4 etapas, exatamente como ocorre com analista sênior. Agora, se esse mesmo coordenador precisar fazer interface com alguma outra área da empresa, como alguém que entra para trabalhar na TI, atendendo Negócios, uma 5ª etapa é adicionada: entrevista com o quem receberá essas entregas. 

Ao olharmos para os executivos, gerentes e diretores, uma nova etapa é adicionada à seleção: Uma entrevista com um dos diretores que fazem parte do comitê que tem a função de dar o último aval antes da contratação de uma liderança executiva. São 6 os membros deste comitê e necessariamente um deles participará do processo.  

Como o processo seletivo do Grupo Boticário olha para a cultura da empresa?

Empreendedorismo. Foi essa a característica mencionada pelas entrevistadas, quando questionadas sobre qual é uma das qualidades fundamentais para que um colaborador seja admitido em um dos processos citados acima. E, além disso, consiga construir uma trajetória frutífera dentro da empresa.

No caso do Grupo Boticário, quando empreendedorismo é mencionado, ele se refere à capacidade de tocar projetos e desenvolver estratégias de forma autônoma. É claro que na empresa, os líderes estão disponíveis para orientar seus colaboradores, porém, é necessário que todos os membros dos times consigam trabalhar sem a necessidade diária de gestão. 

Outro ponto relevante é a capacidade de criar processos e estratégias do zero. A grandiosidade do Grupo Boticário, que é um dos líderes do seu segmento, foi conquistada também por causa desta capacidade, que pode ser traduzida na crença de que se algum projeto, apesar de necessário, ainda não foi feito por falta de processos ou regras, ele precisa ser criado o quanto antes. 

Outra característica procurada é o dinamismo. A empresa está em franco crescimento há pelo menos uma década e este quadro deve permanecer assim.  Um colaborador que entrar nesse universo, deve saber que precisará se dedicar muito. Para que todo este esforço faça sentido, basta que o interessado em uma posição do GB olhe para essa realidade como o que ela realmente representa: uma imensa oportunidade de desenvolvimento! É possível afirmar com certeza: quem entra na empresa focando em seu desenvolvimento como profissional, assume suas responsabilidades como seu verdadeiro dono e preza pelos valores éticos da instituição, além da convivência com seus colaboradores, tem grandes chances de conseguir atingir seus objetivos profissionais. 

Uma última dica para quem passará por um processo seletivo do GB

É comum que o Grupo Boticário seja reconhecido como uma ótima opção para quem quer trabalhar em áreas comerciais, porém, profissionais de outros segmentos, como TI e Negócios, muitas vezes não conseguem vislumbrar a dimensão dessa empresa que abriga 5 marcas de visibilidade nacional: O Boticário, Eudora, Quem Disse Berenice, Vult e The Beauty Box. 

Por causa disso, é importante que os candidatos a cargos no GB tenham pesquisado sobre a empresa, sobre as marcas que ela abriga, sobre o que ela representa no mercado, os números desse mercado e suas projeções. Além disso, é preciso estar ciente de como funciona a Cultura Organizacional citada acima. 

Ficou interessado em fazer parte do processo seletivo do Grupo Boticário, no universo da beleza ou nas dicas de desenvolvimento profissional? Continue acompanhando nossos conteúdos, ainda abordaremos muitas pautas úteis para quem quer desenvolver uma carreira verdadeiramente bem-sucedida. E confira nossas vagas abertas!

Leia também 3 livros que vão contribuir para o seu desenvolvimento profissional e Grupo Boticário e sua Cultura Organizacional

compartilhe:

Últimos Artigos

processo seletivo do Grupo Boticário

Processo seletivo do Grupo Boticário – como funciona

O processo seletivo de colaboradores para uma grande empresa, como o Grupo Boticário, significa muito mais do que filtrar currículos. É durante esse processo que as características fundamentais para que um profissional faça parte do time que garante o crescimento constante da empresa, mesmo quando a economia do país não representa um grande incentivo. Quais […]

CONTINUE LENDO
carreira no varejo

Carreira no Varejo – Principais Desafios e Oportunidades

Uma ocupação para quem ficou desempregado e está em busca de algo mais promissor, uma forma de ganhar dinheiro enquanto um curso superior ou o ensino médio são concluídos, ou simplesmente a oportunidade que apareceu em um momento de pouco foco. Todas essas são formas bastante comuns de pensar, quando o assunto é: uma carreira […]

CONTINUE LENDO
gestão feminina

Gestão Feminina – Como liderar apoiando outras mulheres?

Quando falamos sobre gestão feminina, é comum que as dificuldades até hoje enfrentadas por mulheres para alcançar posições de gestão sejam lembradas, porém, há algum tempo essa realidade está se transformando. Além do número crescente de empresas que apresentam lideranças femininas em seu quadro de colaboradores, a influência que essas profissionais exercem sobre mulheres que […]

CONTINUE LENDO