Intraempreendedorismo: você leva para seu desenvolvimento profissional?

Autor: larissa

11 de julho de 2019

Essa história de intraempreendedorismo surgiu com o livro “Intrapreneuring: Why You Don’t Have to Leave the Corporation to Become an Entrepreneur”, onde o autor Gifford definiu o termo como “o ato de empreender dentro dos limites de uma organização já existente”.

De um tempo para cá, esse termo está sendo cada vez mais utilizado, e as empresas mais inovadoras do mercado já estão em busca de profissionais com essa habilidades bem desenvolvida. 


Mas o que afinal é intraempreendedorismo?

Diferente do empreendedorismo onde você tem uma ideia, começa um negócio do zero e funda sua própria empresa, o intraempreendedorismo busca empreender dentro do seu ambiente de trabalho atual. Ou seja, você usa suas ideias para contribuir com o crescimento da empresa onde você já trabalha. 

Talvez você esteja se perguntando como isso funciona na prática, não é? Bem, a grande vantagem do intraempreendedor é que ele conhece muito bem o seu ambiente de trabalho. Afinal, quem sabe mais sobre os problemas, as dores e as soluções possíveis do que quem está todo dia vivenciando aquilo? Exato! 

É importante destacar que no intraempreendedorismo você não está sozinho. Você tem a ideia e, junto com ela, tem uma equipe inteira que pode te ajudar a executar esse projeto. 

Como consequência, você consegue se desenvolver melhor profissionalmente, aceitar novos desafios e crescer dentro da empresa. Já para a empresa, sua participação contribui para que ela se torne mais competitiva e melhore seus processos, produtos ou serviços. 

Será que eu sou intraempreendedor?

Agora que você já tem uma noção do que é o intraempreendedorismo, será que você se encaixa no perfil de intraempreendedor? 

Algumas características são básicas e estão presentes em quase todos os intraempreendedores. Isso destaca esse perfil de colaborar da maioria. Isso porque eles são pessoas:

Junto com esses itens, normalmente nós conseguimos descobrir quem é o intraempreendedor do time pelo seu jeito dinâmico e proativo dessa pessoa ser. Muitas vezes eles se tornam destaques entre os colegas e o líder da área. 

Se identificou com os pontos acima? Então pode ter certeza que você está no caminho certo para fazer o intraempreendedorismo na sua empresa. 

3 Dicas para intraempreender!

Intraempreender não é algo que acontece do dia para noite, muito menos em qualquer empresa. Se você se enquadrou nesse perfil é importante conhecer algumas dicas para se destacar por aí: 

1. certifique-se que sua empresa apoia o intraempreendedorismo

Algumas empresas são mais engessadas e gostam de aceitar ideias apenas de colaboradores de maior nível (como coordenadores, gestores e diretores). Isso varia muito de acordo com a cultura organizacional de onde você trabalha. Se sua empresa se encaixa nesse perfil, você não vai conseguir desenvolver essa habilidade.

Tenha como foco empresas que respiram inovação e que apoiam o colaborar criativo. Isso porque elas costumam priorizar as novas ideias e as melhorias do ambiente, o que abre espaço para que seus colaboradores sejam intraempreendedores.  

2. deixe claro suas ideias para seu gestor

Se sua empresa te oferece a liberdade necessária para expor suas ideias e finalmente colocar o seu intraempreendedorismo em prática, você não pode desperdiçar a chance. O que isso significa? 

Antes de contar sua ideia para seus colegas é importante deixá-la bem estruturada. Pense nas perguntas básicas que vão te fazer: por que essa ideia, como ela pode ajudar, como mapear os resultados que essa ideia vai trazer, quem vai ser necessário para colocá-la em prática, quem vai assumir a responsabilidade do projeto, etc.

Você conhece bem a sua equipe e seu gestor, por isso já desenvolva uma apresentação convincente, prepare uma resposta para cada pergunta que possa surgir, e boa sorte! 

3. seja parceiro do seu gestor

Se preparou? Agora é importante conversar com o seu gestor a respeito do assunto. 

Para colocar o tópico acima em ação é importante que você tenha uma boa relação com o seu gestor, onde tenha abertura de troca de ideais constantes. Manter uma parceria com seu superior permite que suas ideias cheguem mais longe, e tenham mais sucesso. 

Além disso, conheça o seu tipo de gestor. É muito importante que seu gestor te dê os créditos necessários pela sua ideia. Afinal, como vamos crescer se as pessoas não verem nosso trabalho, não é mesmo? 

E na entrevista?

Se você está em busca de uma nova oportunidade de emprego, foque em:

Comente sobre projetos que você fez em outros empregos e que trouxeram bons resultados. Isso mostra que você valoriza bastante sua habilidade e está disposto a trazer inovação e solução de problemas para a nova empresa.

Se você ainda não teve essa oportunidade, você pode falar que está buscando uma oportunidade de ser escutado e executar suas ideias para a melhoria da empresa. 

Grupo Boticário apoia!

O Grupo Boticário valoriza bastante o profissional intraempreendedor. Nós entendemos que o intraempreendedorismo funciona como uma troca de experiência. Nós oferecemos nosso ambiente e novas oportunidades, e o colaborador inova e traz soluções inteligentes para a marca. 

“Nunca é 100% definido que ‘a sua posição faz isso’. Aqui a gente pode escrever em uma folha em branco, tem a possibilidade de acertar e errar”, disse o Filipe Ferrari, colaborador do time de Venda Direta. 

O desenvolvimento que o intraempreendedorismo oferece é muito valorizado dentro do Grupo Boticário! 

compartilhe:

Últimos Artigos

TED talks

6 TED talks imperdíveis para profissionais de tecnologia (mais bônus)

Quem é profissional de tecnologia já sabe: é impossível ficar sem se atualizar nesse mercado. Seja com cursos, livros, palestras, filmes, enfim, o que não pode é não estar por dentro das novidades. Uma das alternativas para você ficar a par dos assuntos mais atuais desse universo são os TED Talks.  Caso você ainda não […]

CONTINUE LENDO

Conheça três livros que vão contribuir para o seu desenvolvimento profissional

Ao falarmos sobre uma carreira de sucesso, devemos ter em mente que o sucesso é um conceito relativo. Para alguns, sucesso é ocupar uma posição de destaque em uma empresa de grande porte, mesmo que isso signifique fazer renúncias na vida pessoal. Para outros, este sucesso é o resultado de um bom balanço entre vida […]

CONTINUE LENDO
vida pessoal e profissional

Qual é o verdadeiro equilíbrio entre vida pessoal e profissional?

O primeiro problema, quando falamos sobre equilíbrio entre vida pessoal e profissional, é aquele pensamento que defende o enfrentamento de uma rotina de trabalho difícil e pouco prazerosa, para que uma vida pessoal possa ser aproveitada e compense todo esse esforço. É possível notar o quanto isso é cruel?  O segundo problema, que não é […]

CONTINUE LENDO