vida pessoal e profissional

Qual é o verdadeiro equilíbrio entre vida pessoal e profissional?

Autor: fernando

2 de agosto de 2019

O primeiro problema, quando falamos sobre equilíbrio entre vida pessoal e profissional, é aquele pensamento que defende o enfrentamento de uma rotina de trabalho difícil e pouco prazerosa, para que uma vida pessoal possa ser aproveitada e compense todo esse esforço. É possível notar o quanto isso é cruel? 

O segundo problema, que não é exatamente cruel, mas pode ser interpretado como ingenuidade, é acreditar que uma vida bem-sucedida é aquela que apresenta equilíbrio exato entre família, amigos, trabalho, relacionamento pessoal, finanças, saúde e estética. Se analisadas de perto, quais rotinas são tão bem equilibradas assim?

Se usarmos esses dois estereótipos de “vida perfeita” para buscarmos nossos objetivos e traçarmos nossos próximos passos, o desafio acaba ficando inalcançável. E se, no lugar desse pensamento, optássemos por uma abordagem mais realista e aplicável às vidas de todos? 

É para falar sobre equilíbrio entre vida pessoal e vida profissional deste jeito mais realista e, consequentemente, mais possível de ser vivido, que criamos esse conteúdo. Queremos dividir estratégias que te ajudarão a fazer a sua rotina mais leve e agradável. 

Antes de começar a planejar seus próximos passos

Antes de pensarmos em estratégias para transformar o impacto do trabalho na sua vida pessoal, é necessário esquecer essa classificação antiga que mostra a rotina profissional como algo sofrido e a vida pessoal como a compensação, a parte boa. O primeiro passo é entender que a vida pessoal e profissional não precisam estar completamente separadas, justamente porque ambas podem ser fontes de realizações e bons momentos.

Para tentar ser um pouco mais explícito, escolhemos um exemplo simples e que todo mundo deve conhecer: conhece alguém que passa a semana inteira esperando pela sexta-feira, para que aí sim fazer coisas interessantes e felizes? Então, é justamente esse padrão que deve ser quebrado. Ninguém precisa esperar o sábado chegar para começar a ser feliz! 

O segundo passo é: abandone essa busca por uma vida perfeita, daquelas que são expostas em comerciais de margarina. Sim, uma rotina equilibrada faz bem e é direito de todos, mas ter em mente que sempre temos que ultrapassar obstáculos, não só em ambientes de trabalho, vai fazer com que consigamos ver esses obstáculos como passageiros, além enxergar as partes boas com mais clareza. 

Use outras partes da sua vida como um exemplo

Pense em um relacionamento amoroso bem-sucedido, daqueles que são cheios de respeito, no qual os membros estão comprometidos a ajudar a outra parte a viver a vida da melhor maneira possível. Mesmo nesses relacionamentos, desentendimentos acontecem e situações bastante desagradáveis muitas vezes precisam ser enfrentadas. 

Então, como casais que passam uma vida inteira juntos fazem para não sofrerem o tempo inteiro por causa das partes ruins? A resposta é bastante simples: É preciso reconhecer as partes boas do relacionamento e dar um grande destaque para elas!

O mesmo acontece em relacionamentos familiares ou entre amigos. Momentos desagradáveis surgem, são encarados e superados. Enquanto esse processo todo ocorre, os relacionamentos permanecem firmes e o que garante essa estabilidade são as lembranças de todas as outras partes boas que existem nessas histórias, mesmo que nos momentos de dificuldade elas permaneçam um pouco escondidas. 

Como reproduzir esse comportamento na vida profissional?

Reconhecer quais são as partes boas e ruins de um trabalho e, depois disso, focar no que te dá felicidade não é uma tarefa simples. Para te ajudar nessa missão, sugerimos um exercício que durará uma semana. 

Diariamente, quando chegar ao trabalho, faça o seu to do. Ao lado de cada item da lista, escreva se a atividade é positiva, negativa ou neutra.

As atividades positivas

São aquelas que te deixam animado antes de começar, as que você executa sem sentir o tempo passar, te fazem abordar temas interessantes e geram as lembranças mais positivas.

As atividades neutras

São aquelas atividades que, apesar de não te proporcionarem momentos estimulantes ou memoráveis, são relativamente simples de executar.

As atividades negativas

São muito fáceis de identificar. Basta reparar se você fica nervoso ao saber que investirá tempo em uma demanda e, enquanto está trabalhando nela, fica olhando no relógio para ver que horas são. 

Após uma semana de exercício

Verifique como ficaram os “to do” dos 5 dias de trabalho. O ideal é que o número de atividades positivas seja superior ao de atividades negativas e neutras. Caso a sua lista de tarefas negativas seja a mais numerosa, vai ser preciso reverter esse quadro.

Na hora de assumir novas demandar, tente dar mais espaço para às que você já sabe que te estimulam positivamente. Caso essa escolha não seja tão simples assim, converse com seu gestor e exponhas as suas preferências e interesses.

Seu líder é, antes de qualquer coisa, seu aliado. Também é importante para ele que a sua rotina seja interessante e motivadora e, mesmo que aos poucos, te ajudará a tentar encontrar e sugerir entregas que sejam mais adequadas à sua personalidade e aos seus interesses. 

Dito isto, é preciso lembrar que aquele ambiente de trabalho onde tudo é perfeito e todas as atividades são extremamente divertidas só existe em contos de fadas. Um dos segredos para uma vida profissional satisfatória é saber ponderar o que é passageiro e reconhecer o que é agradável. 

Acompanhe os nossos próximos conteúdos, ainda traremos outras dicas úteis para quem sonha alto, quando o assunto é trabalho. 

Leia também Entenda a importância e como funciona um Ciclo de Gente e Intraempreendedorismo: você leva para seu desenvolvimento profissional?

compartilhe:

Últimos Artigos

processo seletivo do Grupo Boticário

Processo seletivo do Grupo Boticário – como funciona

O processo seletivo de colaboradores para uma grande empresa, como o Grupo Boticário, significa muito mais do que filtrar currículos. É durante esse processo que as características fundamentais para que um profissional faça parte do time que garante o crescimento constante da empresa, mesmo quando a economia do país não representa um grande incentivo. Quais […]

CONTINUE LENDO
carreira no varejo

Carreira no Varejo – Principais Desafios e Oportunidades

Uma ocupação para quem ficou desempregado e está em busca de algo mais promissor, uma forma de ganhar dinheiro enquanto um curso superior ou o ensino médio são concluídos, ou simplesmente a oportunidade que apareceu em um momento de pouco foco. Todas essas são formas bastante comuns de pensar, quando o assunto é: uma carreira […]

CONTINUE LENDO
gestão feminina

Gestão Feminina – Como liderar apoiando outras mulheres?

Quando falamos sobre gestão feminina, é comum que as dificuldades até hoje enfrentadas por mulheres para alcançar posições de gestão sejam lembradas, porém, há algum tempo essa realidade está se transformando. Além do número crescente de empresas que apresentam lideranças femininas em seu quadro de colaboradores, a influência que essas profissionais exercem sobre mulheres que […]

CONTINUE LENDO