Ciclo de Gente

Ciclo de Gente – Entenda a sua importância e como funciona

Autor: fernando

29 de julho de 2019

Não é só no Grupo Boticário e em outras empresas de grande porte que a performance dos times de colaboradores é uma das maiores preocupações. Já está claro que diferentes metodologias de trabalho, ferramentas de gestão e a cultura da organização, entre outros fatores, podem ser fundamentais na hora de incentivar evoluções no desempenho de um time. É importante ressaltarmos que evolução não significa apenas produzir mais, falamos também do desenvolvimento pessoal de cada um dos nossos colaboradores. E é nessa hora que entra o Ciclo de Gente.

É justamente o Ciclo de gente, que inclui a avaliação de desempenho dos colaboradores e gera inputs para desenvolvimento e meritocracia, que motivou este post. Te mostraremos como ele funciona e, principalmente, como pode te ajudar a performar cada vez melhor e, desse jeito, atingir seus objetivos nas suas próximas experiências profissionais.

Vale a pena continuar conosco nesse post.

O que é um Ciclo de gente?

O Ciclo pode ser resumido como um plano de objetivos, porém além dos objetivos individuais que ajudarão nos resultados da empresa, temos as competências que precisam ser desenvolvidas por cada colaborador, para que esses objetivos possam ser atingidos. Também são determinados os recursos necessários para que os planos sejam cumpridos, os acompanhamentos e feedbacks feitos por gestores e as recompensas e consequências decorrentes do sucesso ou fracasso na busca pelo alcance dos objetivos. Tudo isso faz parte de um ciclo de avaliação de performance.

E como é o ciclo no Grupo Boticário?

Com o ciclo de gente cada um entende o seu papel na empresa e, assim, fica mais fácil estipular objetivos e traçar maneiras de alcançá-los, além de tudo isso conseguimos identificar quais pessoas têm maior potencial de crescimento dentro da empresa.

O Ciclo está dividido em etapas e cada uma delas tem seu papel. A seguir você verá como funciona o ciclo completo e entenderá que cada colaborador tem o papel de protagonismo da sua carreira e do seu desenvolvimento.

ETAPA 1: Acordo Profissional - Etapa para definir objetivos claros.

Definir prioridades e alinhar objetivos. É neste momento​ que os objetivos são estabelecidos.

Essa fase deve garantir o rumo correto e a sinergia dos objetivos individuais com os objetivos das áreas e do Grupo Boticário. Por isso, é fundamental que cada colaborador compreenda os resultados esperados e como eles serão mensurados durante o ciclo. Para ter clareza sobre como alcançar os objetivos, a conversa entre gestor e colaborador sobre os comportamentos e competências é fundamental. Assim é possível estabelecer critérios para monitorar e avaliar o desempenho durante o ano.​

Mas o que significa alinhar objetivos?

O alinhamento de objetivos é um processo que relaciona as prioridades da organização aos objetivos individuais, refletindo as responsabilidades de cada um.. Este é, antes de qualquer coisa, um jeito ótimo de fazer um colaborador entender como os seus esforços podem contribuir para o sucesso de uma empresa, ou seja, a transparência do processo do início ao fim.

ETAPA 2: Monitoramento - Fase para análise

Além de uma avaliação geral a respeito dos objetivos estabelecidos na fase anterior, o monitoramento é também a oportunidade para que você tenha feedback sobre seu desempenho e comportamentos apresentados até o momento.

Para que as reuniões de feedbacks sejam produtivas, a recomendação é cada colaborador faça a autoavaliação, incluindo evidências dos resultados e comportamentos alcançados.

O principal objetivo desta etapa é:

Vale reforçar que durante o ano todo, gestor e colaborador devem acompanhar o andamento dos objetivos e se necessário, devem fazer correções de rota!

A quantidade de feedbacks que serão necessários durante o período contemplado pelo ciclo pode variar de acordo com a o colaborador e o gestor. É comum que empresas deixem essa questão pré-estabelecida, porém, ao notar que um colaborador precisa de mais acompanhamento, ele pode e deve diminuir o intervalo entre os feedbacks.

Outro ponto positivo é que o colaborador em questão saberá exatamente que tipo de auxílio receberá do seu líder, para alcançar os seus objetivos e se desenvolver.

Etapa 3: Pré-avaliação – Refletir e apontar comportamentos

É o momento de refletir e apontar como os comportamentos e atitudes de cada colaborador contribuíram para o alcance dos objetivos individuais.  Com base nessas informações os gestores realizam a etapa de Pré-avaliação a qual é input para os comitês de performance.

Etapa 4: Comitê de performance

Tem como objetivo auxiliar os gestores a terem uma visão ampliada sobre os colaboradores, com mais evidências, diferentes perspectivas e com isso, avaliações mais consistentes. Este momento é essencial para o desenvolvimento e crescimento profissional dos avaliados. O desempenho de cada colaborador é avaliado como um todo, ou seja, quais são os seus pontos fortes, as entregas realizadas a sua evolução no último ciclo e as melhorias para o ciclo seguinte.

Etapa 5: Feedback - Finalização do Ciclo

Concluindo o ciclo, temos a etapa de feedback. É o momento onde colaborador e gestor conversam sobre a avaliação pós comitê de performance. É hora de contabilizar todo o resultado e reconhecer os esforços do colaborador avaliado. Também é nessa hora que o profissional será auxiliado para que suas dificuldades sejam superadas e seu desenvolvimento possa continuar.

Assim como o ciclo de gente, que começa com planejamento e construção de objetivos, o desenvolvimento também deve ter um ponto de partida. Após receber o feedback, cada colaborador deve estruturar um plano, considerando quais objetivos de carreira deseja atingir e o que precisa fazer para chegar lá. Neste momento entra em cena o PDI (Plano de desenvolvimento Individual), ferramenta que serve como um mapa para que a pessoa entenda com clareza o que precisa fazer para se desenvolver e quais resultados vai conquistar. O gestor pode e deve ajudar na construção de um plano, que pode ser reavaliado ao longo do ano e a qualquer momento. É preciso enxergar um caminho claro de evolução de carreira, assim fica mais fácil refletir sobre seus planos, ambições e próximos passos de carreira.

Aqui no Grupo Boticário, os esforços de todos os membros do nosso time são reconhecidos. Acreditados e promovemos a meritocracia.

Hora de praticar

Viu como um Ciclo de Performance pode ser muito útil para alguém que tem sonhos grandes e quer chegar a um lugar de destaque? Fique ligados nos nossos próximos posts, traremos outros temas importantes para quem deseja atingir sucesso no mundo corporativo.

Leia também Qual é o verdadeiro equilíbrio entre vida pessoal e profissional? e 5 dicas de como fazer networking dentro da sua empresa

compartilhe:

Últimos Artigos

processo seletivo do Grupo Boticário

Processo seletivo do Grupo Boticário – como funciona

O processo seletivo de colaboradores para uma grande empresa, como o Grupo Boticário, significa muito mais do que filtrar currículos. É durante esse processo que as características fundamentais para que um profissional faça parte do time que garante o crescimento constante da empresa, mesmo quando a economia do país não representa um grande incentivo. Quais […]

CONTINUE LENDO
carreira no varejo

Carreira no Varejo – Principais Desafios e Oportunidades

Uma ocupação para quem ficou desempregado e está em busca de algo mais promissor, uma forma de ganhar dinheiro enquanto um curso superior ou o ensino médio são concluídos, ou simplesmente a oportunidade que apareceu em um momento de pouco foco. Todas essas são formas bastante comuns de pensar, quando o assunto é: uma carreira […]

CONTINUE LENDO
gestão feminina

Gestão Feminina – Como liderar apoiando outras mulheres?

Quando falamos sobre gestão feminina, é comum que as dificuldades até hoje enfrentadas por mulheres para alcançar posições de gestão sejam lembradas, porém, há algum tempo essa realidade está se transformando. Além do número crescente de empresas que apresentam lideranças femininas em seu quadro de colaboradores, a influência que essas profissionais exercem sobre mulheres que […]

CONTINUE LENDO